Blog voltado para a divulgação da Aviação Comercial, Militar e Civil, mostrando através de textos informativos e
fotos, as aeronaves, suas histórias e curiosidades, Operações Militares, Eventos Aeronáuticos e muito mais!

Seja bem-vindo a bordo!!!

quinta-feira, 9 de julho de 2020

Um clique curioso #8


Esta matéria é parte integrante de uma série de fotos especialmente escolhidas em nosso acervo fotográfico analógico e digital, trazendo algum tipo de curiosidade, raridade ou informação histórica a respeito destas imagens, seja acerca da aeronave em si ou um fato ou história relacionados a ela. Semanalmente, às segundas e quintas, publicaremos uma destas fotos, junto com um pequeno texto explicativo sobre a mesma. Informamos que a preocupação aqui não é com a qualidade em si da imagem, mas com o seu resgate histórico, tendo ainda o objetivo de auxiliar na preservação de uma parte da memória e da cultura aeronáutica brasileira. Seja muito bem vindo(a) a bordo e boa leitura!



No transcorrer do ano de 2003, a Base Aérea de Florianópolis costumeiramente recebia mais uma visita dos quadrimotores Lockheed C-130 Hércules a fim de realizarem treinamento de Busca e Salvamento na capital catarinense, local amplamente favorável para este tipo de exercício, dadas às suas excelentes características geográficas, além do apoio logístico prestado pela própria BAFL. Desta vez a manobra foi protagonizada pelo Primeiro Grupo de Transporte de Tropas (1º GTT), sediado no Campo dos Afonsos/RJ, uma das duas Unidades Aéreas operadoras do modelo na FAB.

        Lockheed C-130E Hércules, FAB 2451, Base Aérea de Florianópolis, 2003.
                                                                     
Três aeronaves Hércules fizeram parte do treinamento, entretanto, para olhos mais atentos, uma delas apresentava algumas marcações curiosas pintadas na seção dianteira da fuselagem, destacando-se das demais. Estamos falando do FAB 2451, um dos dois C-130 da Força Aérea Brasileira disponibilizados pelo Governo Brasileiro em meados de 2003 para atuarem em apoio à Organização das Nações Unidas (ONU) na República Democrática do Congo, visando a garantia da estabilidade política no país africano, através da missão chamada de Interim Emergency Multinacional Force (IEMF), organizada e liderada pela União Européia sob o nome de Operação Artemis.

Ao todo, 41 militares e dois C-130  Hércules foram engajados na operação (FAB 2451 e FAB 2464), prestando apoio logístico através do transporte de tropas e equipamentos. Interessante comentar que as aeronaves antes de partirem do Brasil receberam uma blindagem especial em algumas áreas sensíveis em função do alto risco das operações e para a própria segurança das tripulações. Na foto que abre a matéria é possível ver a inscrição "Cadillac 65", uma referência ao código-rádio utilizado pelo FAB 2451 no Congo, já os escudos tribais pintados na fuselagem (um total de vinte), indicam o número de missões executadas por esta aeronave. Há ainda um adesivo da Operação Artemis, tendo a bandeira da União Européia de fundo (EUFOR/ARTEMIS).




1 comentários:

Postar um comentário