Blog voltado para a divulgação da Aviação Comercial, Militar e Civil, mostrando através de textos informativos e
fotos, as aeronaves, suas histórias e curiosidades, Operações Militares, Eventos Aeronáuticos e muito mais!

Seja bem-vindo a bordo!!!

domingo, 20 de fevereiro de 2011

J8M: A espada a jato japonesa




Caça foguete interceptador J8M1 Shusui (espada oscilante). O desenvolvimento do caça foguete interceptador alemão Me 163 Komet foi visto com muito interesse tanto pelo corpo aéreo da Marinha Imperial, como pelo do Exército Japonês. O sucesso dos Komet levou os japoneses a comprarem os direitos de produção da aeronave (Me 163B) e do propulsor e à Mitsubishi foi dada a tarefa de manufaturar a aeronave, porém o projeto caminhou devagar. Um submarino alemão que trazia um exemplar do Me 163B bem como um conjunto de plantas detalhadas foi afundado no caminho ao Japão, deixando a Mitsubishi com apenas um simples manual de instruções para desenvolver a linha de produção. Não obstante, a Mitsubishi venceu o desafio e em julho de 1944 apresentou a aeronave, amplamente baseada no desenho do Komet. Para ajudar no treinamento de pilotos para operar o novo tipo de aeronave, uma réplica em madeira foi construída. Denominado de MXY7 Akigusa (gramado de outono) e construído pela Maeda Koku Kenkyusho, este planador tinha o tamanho e configuração externa igual ao Shusui. Um total de 56 réplicas para treinamento foram produzidas, sendo duas delas encaminhadas para a Mitsubishi para consulta durante o desenvolvimento do J8M1. Enquanto estas ações eram levadas a cabo, a Mitsubishi em conjunto com a Yokosuka Naval Aeronautical Engineering Arsenal trabalharam na adaptação do propulsor foguete HWK 109-509 para ser produzido no Japão. Designado de Toku Ro. 2 (Kr-10), o primeiro exemplar foi entregue a Mitsubishi no início de junho de 1945 e instalado numa carcaça de J8M1 a espera. O aparelho voou em 7 de julho de 1945, porém não alcançou altitude suficiente antes do término da propulsão e caiu. A causa da queda foi o desenho inadequado do sistema de alimentação do foguete, o qual passou a ser redesenhado. O fim da guerra chegou antes que outros protótipos alçassem voo. A força aérea do Exército Japonês designou o Shusui de Ki.200 porém nenhum exemplar chegou a ser produzido. Como não entrou em operação, não houve codinome aliado para o J8M.
























Preservadas e réplicas:


















Três vistas e diagramas:












0 comentários:

Postar um comentário