Blog voltado para a divulgação da Aviação Comercial, Militar e Civil, mostrando através de textos informativos e
fotos, as aeronaves, suas histórias e curiosidades, Operações Militares, Eventos Aeronáuticos e muito mais!

Seja bem-vindo a bordo!!!

sábado, 2 de abril de 2016

Um visitante VIP e raro em Florianópolis





Registramos na manhã desta sábado (02/04) no Aeroporto Internacional Hercílio Luz (FLN/SBFL), uma das aeronaves da Força Aérea Brasileira mais raras e difíceis de se ver ou fotografar. Trata-se de um dos dois helicópteros Eurocopter EC-135 operados pela FAB e pertencentes ao Grupo de Transporte Especial (GTE), Unidade Aérea sediada em Brasília/DF, que tem a função principal de transportar as mais altas autoridades do país (incluindo a Presidente da República, Ministros de Estado, entre outros), além de integrantes do Alto-Comando da Força Aérea Brasileira.




Adquiridos em 2008, os dois helicópteros são do modelo EC-135T2i e foram montados em Itajubá/MG na planta industrial da Helibrás, subsidiária brasileira da fabricante européia Eurocopter. Na FAB as aeronaves receberam a designação militar VH-35 e foram matriculadas como FAB 8500 (c/n 0637) e FAB 8501 (c/n 0673), substituindo os dois Esquilos Bi turbinas utilizados pelo GTE e que eram carinhosamente chamados de "Tico" e "Teco", numa alusão aos simpáticos e inseparáveis esquilos criados pelos estúdios Disney. Da mesma forma que seus antecessores, os VH-35 também são equipados com dois motores, no caso os Turbomeca Arrius 2B2, possuem uma aviônica mais moderna e são especialmente configurados para o transporte de autoridades civis e militares, tendo capacidade para cinco passageiros, além dos dois integrantes da tripulação.

A presença do helicóptero em Florianópolis acabou sendo uma grata surpresa, não apenas por ser uma aeronave pouco vista, mas principalmente por ter sido a primeira que tivemos a oportunidade de vê-la e registrá-la. Em uma rota incomum para helicópteros, uma vez que as aeronaves de asas rotativas geralmente pousam de forma direta no pátio secundário (distante a cerca de dois quilômetros do local onde estávamos), o FAB 8501 fez sua aproximação pela cabeceira 32, passando de forma lenta bem em frente ao nosso spotting point, permitindo as fotos que compõem esta matéria.



0 comentários:

Postar um comentário