Blog voltado para a divulgação da Aviação Comercial, Militar e Civil, mostrando através de textos informativos e
fotos, as aeronaves, suas histórias e curiosidades, Operações Militares, Eventos Aeronáuticos e muito mais!

Seja bem-vindo a bordo!!!

quinta-feira, 3 de março de 2016

Aeronaves da Força Aérea Brasileira movimentam Florianópolis





A Aviação Militar promete movimentar o céu de Florianópolis e regiões próximas durante o mês de março. Dois exercícios com foco na atividade de Busca e Salvamento (SAR, do inglês Search And Rescue), trarão à Base Aérea de Florianópolis diversos Esquadrões e aeronaves da Força Aérea Brasileira. Nesta semana está ocorrendo o Exercício KAPOFF, envolvendo essencialmente a operação de helicópteros na utilização da técnica de resgate criada pelos ingleses e que dá nome ao treinamento. A manobra envolve a participação de helicópteros Bell H-1H do Segundo Esquadrão do Décimo Grupo de Aviação (2/10º GAv), o Esquadrão Pelicano, com sede em Campo Grande/MS e dos Sikorsky H-60 Blackhawk pertencentes ao Quinto Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (5º/8º GAv), o Esquadrão Pantera, sediado na Base Aérea de Santa Maria/RS.



Bell H-1H - Esquadrão Pelicano

Sikorsky H-60 Blackhawk - Esquadrão Pantera


Entre os dias 7 e 18 de março, as atenções se voltam para o Exercício Carranca V, organizado e coordenado pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e considerado o maior treinamento do gênero na América Latina. Além das aeronaves já presentes em Florianópolis, outros helicópteros e aviões de Unidades Aéreas que tem entre as suas atribuições a execução de missões de Busca e Salvamento, deverão estar na Base Aérea de Florianópolis. Um destes aviões já encontra-se na capital catarinense. Trata-se do CASA/EADS C-295M, designado na FAB como SC-105, uma versão derivada do modelo de transporte C-105 Amazonas e especialmente configurada para a realização de missões SAR.

CASA/EADS SC-105 Amazonas - Esquadrão Pelicano


Além dos helicópteros H-1H (que em breve deverão ser substituídos pelos Eurocopter EC-725 Caracal), dois exemplares do SC-105 completam atualmente a frota do Esquadrão Pelicano, Unidade da Força Aérea Brasileira especializada em missões de Busca e Salvamento. Utilizando as matrículas FAB 2810 e FAB 2811, os aviões diferenciam-se de seus pares de transporte por possuírem uma janela em forma de bolha em cada lado da seção traseira da fuselagem (para facilitar o trabalho dos observadores em missões de busca) e faixas na cor laranja nas pontas das asas e dos estabilizadores horizontais, além de uma faixa na mesma cor com a inscrição SAR no topo da cauda. Internamente o avião transporta uma plataforma removível com dois assentos especiais para os observadores e pode ser configurado com diversas macas rebatíveis para o transporte de feridos. Em breve o 2º/10º GAv deverá receber três exemplares novos de fábrica do mesmo avião, porém, totalmente configurados com diversos equipamentos específicos para a realização de sua atividade-fim.

As principais características externas que diferenciam o SC-105 utilizado em missões de Busca e Salvamento da versão C-105 de Transporte são as janelas em forma de bolha e as marcações na cor laranja nas pontas das asas, profundores e no topo da cauda.


Como bônus desta matéria, registramos na manhã desta terça-feira (01/03), o FAB 2810 realizando treinamento de Toque e Arremetida (TGL, do inglês Touch And Go Landing), na pista principal do Aeroporto Internacional Hercílio Luz (FLN/SBFL). São estas fotos e um pequeno vídeo que compartilhamos abaixo com nossos leitores. 















Vídeo mostrando o SC-105 Amazonas com a matrícula FAB 2810 efetuando treinamento de Toque e Arremetida na pista principal do Aeroporto Internacional Hercílio Luz (FLN/SBFL). Para uma melhor visualização, assista em tela cheia e altere a resolução para 1080p.


0 comentários:

Postar um comentário