Blog voltado para a divulgação da Aviação Comercial, Militar e Civil, mostrando através de textos informativos e
fotos, as aeronaves, suas histórias e curiosidades, Operações Militares, Eventos Aeronáuticos e muito mais!

Seja bem-vindo a bordo!!!

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

A saga do voo ONE6318


Observando o site Flightradar e os voos chegando e partindo de Florianópolis na manhã desta sexta-feira (25/09), algo nos chamou a atenção. O voo 6318 da Avianca Brasil devido às condições meteorológicas desfavoráveis no Aeroporto Serafin Enoss Bertaso (XAP/SBCH) em Chapecó, oeste de Santa Catarina, retornou para Florianópolis. Nova tentativa foi realizada no início da manhã desta sexta-feira, entretanto, mais uma vez o forte nevoeiro impediu o pouso e novamente a aeronave rumou para o Aeroporto Internacional Hercílio Luz (FLN/SBFL). Sem sucesso, o avião seguiu durante a manhã para o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, com os passageiros tendo que chegar a Chapecó por via terrestre ou aguardar a realocação em outros voos.


Primeira tentativa ainda na noite de quinta-feira, feita com o PR-OCP (fonte: www.flightradar24.com).


Segunda tentativa já na manhã desta sexta-feira, desta vez com a tripulação descansada do PR-ONY (fonte: www.flightrara24.com).


Sem sucesso, o PR-OCP prossegue o voo ONE6319 para Guarulhos, enquanto o PR-ONY segue novamente seu voo direto para Brasília (ONE6160), com ambas as aeronaves partindo com cerca de duas horas de atraso em relação ao horário de decolagem habitual de Florianópolis (fonte: www.flightrarar24.com).


O voo ONE6318 é um voo diário da Avianca Brasil que tem sua origem no Aeroporto Presidente Juscelino Kubitschek (BSB/SBBR) em Brasília, saindo da capital federal às 19:12 hs (Horário de Brasília) com escalas em São Paulo (Guarulhos) e Florianópolis, tendo como destino final, a cidade de Chapecó, com o pouso programado para às 00:15 hs. No início da manhã seguinte a aeronave escalada para o voo percorre a rota inversa, agora utilizando o código ONE6319. Ontem o avião operando o voo foi o Airbus A320-214SL com a matrícula PR-OCP (c/n 6651). Já na manhã de hoje, a tentativa foi feita com o Airbus A320-214SL utilizando o registro PR-ONY (c/n 6103). 

É importante ressaltar que na aviação um dos elementos mais importantes que balizam as operações aéreas é a meteorologia, sendo assim, situações como a que descrevemos acima e ilustradas pelas figuras, não chegam a ser raras, pois em primeiro lugar sempre deve estar a segurança de voo e dos passageiros e tripulantes. Entretanto, não deixa de ser uma situação curiosa e inusitada o fato de uma aeronave tentar duas vezes chegar ao seu destino e não conseguir, por este motivo decidimos compartilhar este acontecimento com nossos leitores.

0 comentários:

Postar um comentário