Blog voltado para a divulgação da Aviação Comercial, Militar e Civil, mostrando através de textos informativos e
fotos, as aeronaves, suas histórias e curiosidades, Operações Militares, Eventos Aeronáuticos e muito mais!

Seja bem-vindo a bordo!!!

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

EXPOAER 2014 - Base Aérea de Canoas





A Base Aérea de Canoas promoveu ontem (12/10), o seu tradicional evento aeronáutico denominado de EXPOAER. Mesmo com céu encoberto pela manhã e com a presença tímida do Sol no período da tarde, um grande público, estimado em cerca de 40 mil pessoas compareceu à Base Aérea. Realizado desde o ano de 1986, o evento passou a chamar-se EXPOAER a partir de 1989, e, a cada ano ganha mais visibilidade, que se reflete no número crescente de visitantes. Outros fatores importantes na divulgação do evento é a realização em uma data fixa, sempre no dia 12 de outubro e a sua inclusão no calendário oficial de atrações turísticas do município de Canoas.




As vistas gerais do pátio da Base Aérea de Canoas dão uma dimensão do público presente.



A grade é um lugar disputado, afinal, todos querem estar o mais próximo possível das aeronaves.


Eventos como o de Canoas ocorrem durante o mês de outubro em diversas Base Aéreas e Organizações Militares da Força Aérea Brasileira, com o objetivo de integrar o meio militar com a Sociedade Civil, permitindo a esta conhecer melhor o trabalho desenvolvido pelos integrantes da FAB. Também é uma forma de homenagear e comemorar o feito pioneiro de Alberto Santos Dumont que, no dia 23 de outubro de 1906, alçou voo a partir do Campo de Bagatelle, em Paris, com seu 14 Bis, sacramentando o antigo sonho do Homem de ganhar os céus e comprovando que o voo do “mais pesado que o ar” era possível.



Pavilhão Nacional refletido no pátio da Base Aérea de Canoas. A chuva da madrugada assustou, mas não intimidou o público, que compareceu em massa em mais uma EXPOAER.




Brasil, acima de tudo!


As estrelas da festa:



Ao final da tarde e à plena potência, A-1 do Esquadrão Centauro se aproxima para uma passagem baixa.


Sem dúvida, em qualquer festa aviatória, as grandes estrelas são as aeronaves. Este ano a EXPOAER contou, além dos aviões sediados na própria Base Aérea de Canoas, com dois Embraer A-29A Super Tucano do 3º/3º GAv (Esquadrão Flecha), sediado em Campo Grande/MS, um Embraer T-27 Tucano da Academia da Força Aérea, com sede em Pirassununga/SP, um  Embraer A-1A do  3º/10º GAv (Esquadrão Centauro), sediado na Base Aérea de Santa Maria/RS e um Embraer E-99 com seu característico radar montado sobre a fuselagem, pertencente ao 2º/6º GAv (Esquadrão Guardião), sediado em Anápolis/GO. A Aviação de Asas Rotativas foi representada por um Sikorsky H-60L Blackhawk do  5º/8º GAv (Esquadão Pantera), sediado em Santa Maria/RS, um Schweizer 300C da Brigada Militar e dois Helibrás HB-350 Esquilo, um pertencente à Marinha do Brasil (Quinto Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, alocado em Rio Grande/RS) e o outro, utilizado pelo Serviço Aéreo Médico da UNIMED/RS e que fica baseado no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. A grande ausência da festa foram as aeronaves da Aviação Geral e Desportiva, representadas pelo Aeroclube do Rio Grande do Sul (ARGS) e de outros espalhados pelo Estado, que em outras edições costumam ter presença maciça no evento. Entretanto, a previsão de tempo para o final de semana em Canoas, indicava condições meteorológicas amplamente desfavoráveis, com possibilidade de chuva e teto baixo. Diante deste fato, muitas aeronaves, incluindo as de pequeno porte, cancelaram a sua participação na EXPOAER deste ano.




Embraer T-27 Tucano - Academia da Força Aérea (Pirassununga/SP)




Sikorsky H-60L Blackhawk - 5º/8º GAv (Santa Maria/RS)



Embraer E-99 - 2º/6º GAv (Anápolis/GO)



Helibrás HB-350B Esquilo - HU-5 (Rio Grande/RS)



Embraer C-97 Brasília - 5º ETA (Canoas/RS)








Embraer A-29A Super Tucano - 3º/3º GAv (Campo Grande/MS)





AMX International A-1A - 3º/10º GAv (Santa Maria/RS)



Schweizer 300C - Brigada Militar/RS



Northrop F-5FM Tiger II - 1º/14º GAv (Canoas/RS)



Cessna C-98A Grand Caravan - 5º ETA (Canoas/RS)



Embraer C-95B Bandeirante - 5º ETA (Canoas/RS)



Helibras HB-350 Esquilo - Unimed/RS



Northrop F-5EM Tiger II - 1º/14º GAv (Canoas/RS)



E-99 em primeiro plano, seguido por C-97 Brasília, H-60L Blackhawk e Esquilo do HU-5.



A-1 do Esquadrão Centauro e Super Tucanos do EDA e do Esquadrão Flecha, ao fundo.



Aviação de Asas Rotativas presente na EXPOAER 2014.



Fotografando e sendo fotografado.


Ainda com relação às aeronaves, a exemplo do ano passado, o Esquadrão de Demonstração Aérea, popularmente conhecido como “Esquadrilha da Fumaça”, marcou presença com um dos seus novos aviões A-29 Super Tucano, permanecendo durante todo o dia em exposição estática e chamando a atenção de todos pela sua vistosa e bonita pintura. Ainda sem poder se apresentar oficialmente, a Unidade Aérea encontra-se no momento na fase de implantação e de treinamento do conjunto de manobras que farão parte da sua demonstração e espera-se para o próximo ano, o retorno das suas atividades. 





Vindo de Santa Maria, chegada do A-29 do Esquadrão de Demonstração Aérea, com direito a pouso com fumaça.



A bela luz do final de tarde em Canoas realçou ainda mais a pintura do Super Tucano.


Sem a presença da Esquadrilha da Fumaça, quem roubou a cena foram os caças supersônicos Northrop F-5EM Tiger II do Esquadrão Pampa que no período da tarde realizaram diversas passagens baixas sobre a Base Aérea (foto de capa desta matéria), emocionando e encantando o público presente. Outra atração em que o F-5 é sempre protagonista na EXPOAER é a exposição da aeronave com alguns dos equipamentos e armamentos utilizados pelo Esquadrão Pampa. Neste ano, o avião escalado foi o F-5EM com a matrícula FAB 4834.


Alguns cliques dos F-5 do Esquadrão Pampa durante a EXPOAER 2014



Linha de voo


 Decolagem


Dispersão para pouso



 Pousos





Táxi


Os pilotos!


Sob o hangarete




 F-5 Tiger II em exposição estática com armamentos, uma tradição na EXPOAER.


Atrações para todos os públicos:



Nem só de aviões vive um Show Aéreo. Ao caminharmos pelo pátio e hangares da Base Aérea, observamos que em Canoas, esta afirmação é ainda mais verdadeira. Quem compareceu ao evento, além das aeronaves, pôde desfrutar de uma série de atividades programadas para o dia, como por exemplo, a exposição de equipamentos militares e bélicos, Hangar da Leitura, contação de histórias, mostra de filmes infantis, brinquedos infláveis, apresentação da Banda de Música da Base Aérea, exposição de plastimodelismo e aeromodelos, estandes destinados à venda de artesanatos e de artigos ligados à aviação, praça de alimentação, entre outros. A Base Aérea de Canoas também montou um espaço onde os interessados podiam obter informações sobre a Força Aérea Brasileira e as diversas formas de ingresso na Instituição. Embora a entrada fosse franca, a organização do evento promoveu uma campanha para a arrecadação de alimentos não perecíveis, que posteriormente serão repassados a várias entidades e instituições do município.



Atrações para a criançada.



Hangar da Leitura



Pai e filho se divertem com o avião de isopor.



Estande com informações da Força Aérea Brasileira foi bastante visitado durante todo o dia



No final do dia, o público teve que dividir a atenção entre os aviões e o show de Renato Borghetti.


Um pouco de história:


Quem chega pela primeira vez ao Portão principal da Base Aérea de Canoas (BACO), se depara com uma placa com os seguintes dizeres: “Aqui se trabalha para manter a soberania do Espaço Aéreo brasileiro”. Mais do que um simples cartão de visitas, ela sintetiza a real vocação da Base Aérea, que desde a sua criação, sempre teve no cerne de suas atividades, a execução de missões ligadas à Aviação de Caça. Localizada no município de Canoas, vizinho de Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul, a Base Aérea de Canoas é uma das maiores e mais importantes Bases Aéreas da Força Aérea Brasileira.


Placa de boas vindas ao visitante da Base Aérea de Canoas.


Sua história tem origem no ano de 1933, com a ativação do 3º Regimento de Aviação do Exército em Santa Maria/RS. No ano seguinte, decide-se pela mudança da Unidade, sendo escolhido um terreno na localidade de Canoas, até então pertencente ao município de Gravataí, para a construção de um campo de pouso e demais instalações de apoio. Finalmente, em 5 de agosto de 1937, o 3º RAV transferiu-se para Canoas, onde hoje localiza-se a sede do Quinto Comando Aéreo Regional (V COMAR). Com a criação do Ministério da Aeronáutica, em 1941, as Aviações Naval e Militar e todo o seu efetivo e equipamentos foram incorporados à recém-criada Força Aérea Brasileira. Dessa forma, em 22 de maio do mesmo ano, é criada a Base Aérea de Porto Alegre, a qual teve a sua denominação alterada para Base Aérea de Canoas em 21 de agosto de 1944, permanecendo assim até os dias de hoje.


Entrada principal da Base Aérea de Canoas.


Atualmente a Base Aérea de Canoas conta com dois Esquadrões Operacionais. Um deles é o Primeiro Esquadrão do Décimo Quarto Grupo de Aviação (1º/14º GAv), o Esquadrão Pampa, equipado com os caças supersônicos de fabricação estadunidense Northrop F-5EM/FM Tiger II. Além de cumprir missões de Defesa Aérea e Ataque ao Solo, a Unidade também  é responsável pela manutenção da soberania do espaço aéreo de todo o Cone Sul do Brasil, atuando em conjunto com o CIDACTA II (Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle do Espaço Aéreo), localizado em Curitiba/PR. A outra Unidade é o Quinto Esquadrão de Transporte Aéreo (5º ETA), conhecido como Esquadrão Pégaso, empregado na execução de um variado leque de missões, incluindo o transporte aéreo, lançamento de paraquedistas, evacuação aeromédica, ressuprimento aéreo, entre outras. Para dar cabo a tantas atribuições, o Esquadrão opera diversos tipos de aeronaves,sendo que atualmente a sua frota é composta por aviões Embraer C-95B Bandeirante, Cessna C-98A Grand Caravan e Embraer C-97 Brasília. Além deles, estão sediados na Base Aérea de Canoas, o Segundo Esquadrão do Primeiro Grupo de Comunicações e Controle (2º/1º GCC), o Batalhão de Infantaria de Aeronáutica Especial de Canoas (BINFAE/CO) e o Primeiro Grupo de Artilharia Antiaérea de Autodefesa (1º GAAAD). Atualmente a Base Aérea de Canoas é comandada pelo Tenente-Coronel-Aviador Paulo Eduardo do Amaral Navarro.


Primeiro avião de caça a jato da Força Aérea Brasileira, o Gloster Meteor também foi operado pelo Esquadrão Pampa e hoje tem seu merecido descanso em frente a entrada principal da Base.


O nosso guia:


Assim como nos últimos anos, os profissionais de imprensa e amantes da aviação dedicados ao hobby da fotografia tiveram a oportunidade de participar da EXPOAER de uma forma diferenciada, tendo acesso a locais privilegiados para a obtenção das imagens. Sem dúvida, o grande idealizador desta iniciativa, chama-se Antônio Ricieri Biasus. Coronel-Aviador da Reserva da Força Aérea Brasileira e ex-Comandante do Esquadrão Pampa, tem mais de 4.000 horas de voo em inúmeros modelos de aeronaves, sendo ele próprio, um aficionado pela fotografia de aviação.



Cel.-Av. R1 Antônio Ricieri Biasus


Agradecimentos:



Pelo quarto ano consecutivo o blog Aviação em Floripa teve o privilegio de participar da EXPOAER da Base Aérea de Canoas como veículo de imprensa, tendo a oportunidade de divulgar esta grande festa aviatória e um pouco das ações e do trabalho realizado pela Força Aérea Brasileira. Aproveitamos este espaço para agradecer à Organização do evento, à Comunicação Social da Base Aérea de Canoas e, sobretudo ao Cel.-Av. R1 Biasus, pela iniciativa, paciência e dedicação em coordenar e conduzir o grupo de fotógrafos selecionado para cobrir a EXPOAER 2014. Além desta matéria e das imagens que a integram, publicaremos nos próximos dias, outras reportagens e muitas outras fotos e informações sobre o evento deste ano, as aeronaves participantes e sobre as Unidades Aéreas ali sediadas.






PORTÕES ABERTOS - BASE AÉREA DE FLORIANÓPOLIS: VENHA FAZER PARTE DESTA GRANDE FESTA


PARA MAIORES INFORMAÇÕES, VISITE O LINK ABAIXO:

2 comentários:

fernandalobo1 disse...

Como sempre, bastante completa a matéria, além de lindas fotos!!!

Cmte. Marcicano disse...

Oportunidade rara de presenciar três F-5M juntos e parabéns para todos envolvidos na organização.
Platiabraços Marcelão.

Postar um comentário